domingo, 23 de maio de 2010

Tempos e Perguntas

Tempos e Perguntas

Quando começou? Antes, agora ou depois? Talvez nunca achemos a resposta, mas sempre temos uma pergunta:


-Quando foi mesmo que eu comecei a te amar?

Parar, suspirar, olhar nos olhos e sorrir, simultaneamente ou não, beijar-te e, com certeza, em seguida?

-Chaaaaaaaaaaaaaaaaaata!

Só por que eu te amo eu não te dou o direito de ser tão chata assim e mudar toda minha vida, fazer-me acordar toda manhã pensando em ti, imaginar o toque da tua pele e me sentir abraçado, não te dou o direito de ser tão importante pra mim em tão pouco tempo. tu é chaaaaaaaata demais, por tudo isto, e mais importante, por ser meu amor.

Antes, agora ou depois? Quando foi mesmo o dia que eu aprendi a te amar? Apenas sei que te amaria assim que eu te encontrasse...

Não há respostas, só o verbo amar!

2 comentários:

  1. só o suficiente (que nunca existe, e ainda bem, fico sempre na vontade) :P

    ResponderExcluir